domingo, 9 de agosto de 2015

O TENEBROSO MUNDO APÓS 2015

A nova agenda da ONU e sua tirania global


Por Alan Capriles

A agenda global para os próximos 15 anos já está definida. Todos os 193 Estados-membros da Organização das Nações Unidas, inclusive o Brasil, já deram seu aval para esse acordo histórico e sem precedentes.[1] O novo texto da ONU, que se diz “do povo, pelo povo e para o povo”, (mas sobre o qual você não teve a menor participação), exercerá influência direta em nossas vidas. Ele será sancionado durante a Cúpula de Desenvolvimento Sustentável – evento que ocorrerá nos próximos dias 25 a 27 de Setembro, em Nova York. A ocasião marcará também o aniversário de 70 anos dessa Organização e contará com a presença do Papa Francisco, que discursará para mais de 150 líderes mundiais.[2] 

“Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável” é o título dessa nova agenda global.[3] Ela define 17 objetivos e 169 metas para acabar com a pobreza até 2030 e promover universalmente a prosperidade econômica, o desenvolvimento social e a proteção ambiental. Serão 15 anos, a contar de 1º de Janeiro de 2016, nos quais as nações estarão comprometidas com os termos deste pacto. O texto, que contém 29 páginas, surpreende por sua ousadia, chegando a ser descaradamente utópico. Ele prevê um mundo (o mundo todo!) livre de pobreza, fome, doença e no qual todos irão prosperar num prazo recorde de apenas uma década e meia. Mas a grande questão é: como se alcançar em 15 anos o que a humanidade não alcançou em milênios?

É nesse quesito que o texto me pareceu tenebroso. Ele reconhece a necessidade de soluções integradas para o desenvolvimento sustentável e da adoção de uma nova abordagem para alcança-lo, mas não esclarece que “nova abordagem” seria essa. O que se deixa transparecer, ao longo do texto, é que todos os países trabalharão em parceria, determinados a mobilizar todos os meios necessários para executar esta Agenda. Em outras palavras: custe o que custar.

Parece-me óbvio que o texto sugere, nas entrelinhas, aquilo que a ONU sempre almejou: a nomeação de um líder sobre todas as nações, bem como a unificação mundial da moeda, a exemplo do Euro, que não passou de uma experiência do que está por vir.[4] O propósito desta agenda não é outro, senão respaldar as bases para um futuro, mas iminente, governo global. Sem dúvida, isso será proposto nas próximas assembleias gerais da ONU.

O apelo para que tal governo seja criado é fortíssimo. Além das questões de paz e segurança, que são agravadas pelo crescente terrorismo, temos ainda o risco de um colapso econômico mundial, bem como de um provável e ameaçador caos climático – consequência do aquecimento global [5]. Tudo isso é lembrado repetidas vezes na Agenda da ONU, que ainda promete, com a sua implementação, o fim da pobreza em todas as suas formas e em todos os lugares, garantindo uma vida saudável para todos em todas as idades. Ora, quem não sonha com um mundo assim? Mascarada com essas boas intenções, a ONU tentará convencer os líderes mundiais de que não há outra alternativa, senão a escolha de alguém que conduza a humanidade por esse caminho de paz, saúde e prosperidade. 

Mas, para que isso aconteça, será necessário que primeiro ocorra algo ainda mais catastrófico que as duas grandes guerras. Algo ainda mais comovente que as bombas de Hiroshima e Nagasaki. Algo ainda mais espantoso que o 11 de Setembro. Algo que abale o mundo inteiro como a um só homem, promovendo uma unidade de propósito na aceitação de um só governo, de uma só moeda e, até mesmo, de uma só religião.[6] O que ocorrerá? Francamente, não sei. 

Mas sei que uma liderança mundial não dará certo. Pelo contrário, será catastrófica. O governo do mundo não pode recair sobre a responsabilidade de um homem, pois não há homem sobre a terra que suporte tamanha provação. Ainda que comece bem, teremos a pior das tiranias como resultado de tamanha loucura. Além do mais, para se alcançar a prosperidade, paz e segurança que a agenda da ONU promete, o controle necessitará ser absoluto e excessivamente rígido. Talvez não seja por acaso que o texto repita que “ninguém será deixado para trás”. 

O fato é que um plano global está sendo tramado e todos nós seremos diretamente afetados por ele. Não se trata de mais uma teoria da conspiração, mas de algo muito bem documentado, que está às portas e que você mesmo poderá conferir.[7]

Sendo assim, o que podemos fazer? Sugiro que, urgentemente, você faça a leitura reflexiva de outros textos, muito mais antigos e de inestimável valor. Textos que não somente predisseram tudo quanto agora testemunhamos ocorrer, mas que também nos orientam a respeito de como agir nesses últimos dias. Sim, faço menção à Bíblia![8] E aqueles que se incomodam por eu mencioná-la, apenas confirmam a descrição profética do desprezo para com Deus e sua Palavra nesse tenebroso tempo do fim. 

Notas


[1] Confira esta notícia no site da ONU, clicando aqui.

[2] Francisco é o quarto papa que discursa perante a ONU, depois de Paulo VI, João Paulo II e Bento XVI.

[3] O texto completo da Agenda da ONU já está disponível em inglês. Para conferir diretamente sua tradução, clique aqui.

[4] A ONU jamais escondeu sua intenção de pacificar as nações através de um líder mundial soberano. A ideia encontrou apoio no papa Paulo VI, o qual, em 1965 declarou em seu discurso à ONU: “Vós sois uma rede de relações entre os povos. Estaríamos tentados a dizer que a vossa característica reflete de certa maneira na ordem temporal o que a nossa Igreja católica quer ser na ordem espiritual: única e universal. [...]Quem não vê a necessidade de chegar assim progressivamente a instaurar uma autoridade mundial capaz de poder agir eficazmente no plano jurídico e político?” Confira esse discurso completo clicando aqui.

[5] O suposto aquecimento global será usado como fator de unificação entre as nações. Nada melhor que se estabelecer um inimigo em comum para se promover alianças. De fato, é cada vez maior o número de climatologistas que asseguram que o planeta está aquecendo rapidamente. Minha opinião é a de que, sim, isso é verdade. No entanto, o temor de um caos climático será usado pela ONU como chantagem para se alcançar seus objetivos funestos de um só líder mundial, uma só moeda e uma só religião. A grande causa do aquecimento global não é o CO2, mas o gás metano, o qual não está sendo combatido em sua maior fonte: a pecuária. Para entender o problema, e a hipocrisia do sistema, confira o excelente documentário A Conspiração da Vaca.

[6] A expressão Mãe Terra faz parte do texto, que a sugere por ser “uma expressão comum em grande número de países e regiões” (§59). A ONU sanciona uma iniciativa de unificação religiosa, chamada URI (United Religions Initiative) a qual encontra apoio no Papa Francisco e no ex-presidente de Israel, Shimon Peres, que, em visita ao vaticano em 2014, propôs a criação da ONU das religiões: "A Organização das Nações Unidas teve seu tempo e, agora, o que vejo é uma ONU das religiões, uma Organização das Religiões Unidas", disse Peres, que completou: "Seria a melhor maneira para acabar com o terrorismo que mata em nome da fé, já que a maioria das pessoas pratica suas religiões sem matar ninguém". Fonte: Revista Exame.

[7] Todas as referências à Agenda da ONU podem ser conferidas em seu próprio texto e encontram-se precisamente nos seguintes locais, que merecem maior atenção: página 2, preâmbulo; página 3, parágrafo 1 a 7; pág. 4, §13; pág. 5, §18; pág. 6, §21 e 26; pág.8, §34 e 39; pág.10, §48 e §50 a 52; pág.11, §59; pág. 12, todas as metas; pág.18, meta 10,2 e 10,4 a 10,6; pág.21, meta 16,4 e 16,9; pág.22, meta 17,6 e 17,10; pág. 24, §60; pág. 25, §70 e 71; pág. 27, §72 e 73; pág.29; §87.

[8] Referências bíblicas que você não pode deixar de conferir: Mateus 24:9-14; Lucas 21:25-36; 1 Tessalonicenses 5:3; 2 Tessalonicenses 2:1-4; Apocalipse 13:16-18; 14:9-13; 16:2.


5 comentários:

Anônimo disse...

A AGENDA ESTÁ SENDO CUMPRIDA... TUDO SENDO PREPARADO PARA A NOVA ORDEM MUNDIAL... QUANDO ABRIRMOS NOSSOS OLHOS JÁ ESTAREMOS NELA. A TECNOLOGIA FAVORECE...

Rosimary Vasconcelos disse...

Graça e paz pastor, realmente temos que estar preparados como cristãos, de fato só está ocorrendo oque sabemos que iria acontecer....Que Deus tenha misericórdia de nós!!!!!

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=BdD4-coNv4M

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=lXnouKLCt-g

Sonia disse...

As vezes passamos por certas experiências em nossa vidas que no final sempre fica um ponto de interrogação. Foi o que aconteceu comigo em 1998. Não acredito que tenha sido um sonho, pois a experiência foi muito real e até certo ponto me deixou impressionada. Aconteceu logo depois que me deitei para dormir. Vou procurar ser fiel aos detalhes.
Me encontrava pessoalmente naquele lugar. Pude sentir a sua vibração o qual me transmitiu uma certa escassez de amor e sensibilidade. Lembro-me que cheguei a pensar: "Tudo bem que a tecnologia aqui é muito adiantada, mas aqui não existe amor." Sentia em mim um sentimento humano de amor em contraste com aquele lugar.
As ruas estavam desertas e o céu acinzentado. Comecei a caminhar pelas ruas e vi construções bastante diferente do qual estamos acostumados a ver. Eram de um formato quadrado, onde algumas pegavam a rua toda. Não vi nenhum dos seus moradores, pelo menos no trecho aonde me encontrava.
Continuei a caminhar e dentro de mim "sabia" que não se encontrava no "meu tempo". Era uma sensação muito esquisita, como se estivesse muitos e muitos anos além do nosso tempo.
Foi quando avistei lá na frente uma espécie de loja. Digo loja pois foi a palavra que achei mais próximo do que vi, embora não fosse iguais as nossas daqui, pois veio "compreensão" dos produtos de lá serem de altíssima tecnologia .
Fui me aproximando daquela loja. Pude observar algumas "pessoas" como que separando algumas mercadorias. Pareciam que iam ser entregues. Não vi ninguém fazendo compras, somente aquelas pessoas. Aqueles "funcionários" estavam todos uniformizados e havia algo como mecânico em seus comportamentos. Me aproximei mais um pouco e um calafrio percorreu todo o meu ser: eram seres andróides ! Tive essa compreensão quase que imediato! Interessante é que tinham aparências humanas e que se fossem confrontados com os seres humanos, ficaria difícil distinguir quem era quem.
Não havia sentimentos humanos nesses seres, embora houvesse muita inteligência. Tudo parecia lógico, racional, técnico... Me faltam palavras para qualificá-los. E a vibração daquele lugar! Tão técnico, Meu Deus! Desculpem, é difícil traduzir em palavras o que eu senti, mas era muito desagradável!
Lembro-me que quando voltei já era dia, pois estava claro e o sol batendo na janela do meu quarto. Senti uma presença em pé do meu lado esquerdo .
Seja lá o que for, onde estive, que tempo foi, o que eu vi, só sei que me deixou bastante deprimida e evito pensar muito nisso .