quarta-feira, 20 de junho de 2012

O DESAFIO DE UM PSEUDO-ATEU



Resposta ao vídeo "10 perguntas que todo cristão deveria saber responder"

Por Alan Capriles

É provável que nem todos que se dizem cristãos realmente saibam responder a essas dez perguntas, que foram formuladas por um pseudo-ateu*. Mas a verdade é que não tive dificuldade alguma em respondê-las, o que considerei surpreendente, pois confesso que eu esperava por um desafio mais estimulante.

Assista ao vídeo-texto e, depois, confira minhas respostas:

1ª) Por que Deus não cura os amputados?

Não há como se afirmar que Deus jamais tenha curado um amputado. Para ser franco, já ouvi falar de milagres desse tipo. No entanto, o próprio Jesus dizia que a fé de cada um é que lhes curava. Obviamente, é necessário muito mais fé para se crer na regeneração de um membro amputado, do que na cura de qualquer enfermidade. Certamente é por isso que dificilmente saberemos de casos assim.

2ª) Por que há tanta gente no mundo morrendo de fome?

Porque Deus espera que nós acabemos com a fome de nosso semelhante. Jogar a culpa em Deus é fugir de nossa própria responsabilidade.

3ª) Por que Deus ordena a morte de tantas pessoas inocentes na Bíblia?

Eles não eram inocentes, mas pessoas que deliberadamente desobedeceram os mandamentos de Deus. Os exemplos citados no Antigo Testamento serviam para demonstrar o quanto o pecado é abominável para Deus, ao invés de ser algo trivial, como o autor do vídeo sugere.

4ª) Por que a Bíblia contém tantas bobagens anti-científicas?

O autor do vídeo-texto parece não conhecer bem as Escrituras. A Bíblia não diz que Deus criou o mundo há seis mil anos. A inundação do dilúvio não cobriu o Everest, pois não foi global, mas ocorreu apenas até onde os homens habitavam na época. Quanto a Jonas, Adão e a própria criação do mundo, entramos no âmbito do sobrenatural. Ao definir como "bobagens sem sentido" aquilo que foge à explicação humana, o autor parece não aceitar que Deus seja Deus... Ora, se tudo pudesse ser explicado pelo homem, que Deus seria esse?

5ª) Por que Deus se inclina tanto em promover a escravidão na Bíblia?

Em nenhuma das passagens citadas Deus promove a escravidão.

6ª) Por que coisas ruins acontecem com pessoas boas?

Porque, segundo o próprio Jesus, não existem pessoas boas. Aliás, deveríamos perguntar o contrário: como é que um Deus santo e justo ainda tolera pecadores como nós e, especialmente, pecadores arrogantes como o autor desse vídeo-texto? Deus não é injusto, mas muito misericordioso. Nós não merecíamos nem o ar que respiramos.

7ª) Por que nenhum dos milagres de Jesus na Bíblia deixou alguma evidência?

Isso deve ser uma piada! O que o autor dessas perguntas queria? Que ainda tivéssemos alguma mostra dos pães e peixes que o Senhor multiplicou? Mas existe sim a grande evidência de um milagre. O fato de poucas dezenas de discípulos de Jesus se multiplicarem em mais de dois bilhões de cristãos é a maior evidência de seu maior milagre: a ressurreição. Se Jesus tivesse mentido a esse respeito, todos teriam deixado de segui-lo, pois ninguém arriscaria sua vida por uma mentira.

8ª) Como explicamos o fato de Jesus nunca ter aparecido de fato para você?

Mais uma piada!!! Por que Jesus teria obrigação de aparecer para os cristãos? Só por que algum deles pede isso? Ora, não somos nós que mandamos em Cristo, mas ele sim, em nós. Por isso é que o chamamos de Senhor. Isso também significa que ele pode aparecer para alguém, se assim o quiser. Eu mesmo, por exemplo, tive a inesquecível experiência de ouvir o Senhor me chamar pelo nome para o ministério pastoral.

9ª) Por que Jesus deseja que nós comamos sua carne e bebamos seu sangue?

Porque a ceia representa o fato de que Jesus tomou sobre si a condenação do pecado de todos que nele cressem. Somente os que crêem participam da ceia. Ao comermos o pão, que simboliza seu corpo, e bebermos o vinho, que simboliza seu sangue, estamos nos identificando com sua morte, ou seja, reconhecendo que nós merecíamos a condenação e que ele morreu por nossos pecados. A ceia do Senhor só parece algo grotesco, como sugere o autor do vídeo-texto, para quem não comprende o seu significado espiritual, como certamente é o caso desse indivíduo.

10ª) Por que os cristãos se divorciam na mesma proporção daqueles que não são cristãos?

Há cristãos que se divorciam por uma de duas razões: ou porque havia uma justificativa bíblica para o divórcio (tal como a traição ou o afastamento do cônjugue descrente), ou por falta de se exercer a fé para superar o problema conjugal (no caso de ambos serem cristãos). Mas o autor do vídeo-texto mente ao dizer os cristãos se divorciam na mesma proporção daqueles que não são cristãos. A não ser que ele esteja chamando de cristão aqueles que, apesar de não fazerem parte de igreja alguma, ainda se dizem cristãos. Há muitas pessoas que respondem a pesquisas estatísticas se dizendo cristãs, quando na verdade não praticam religião alguma.

Conclusão

Ao chamar de "fascinantes" as perguntas que ele mesmo elaborou, o autor do vídeo-texto revela ter um sério problema de egocentrismo. Ele diz ainda que a Bíblia foi escrita por homens ridículos e rudes, porém é notável que seu conteúdo esteja perdurando por milênios, o que certamente não ocorrerá com seu vídeo arrogante. Sinceramente, longe de serem fascinantes, suas dez perguntas foram decepcionantes. Eu esperava mais de um ateu com educação universitária.
______________________________
*Pseudo-ateu: Chamar o autor dessas perguntas infantis de "ateu" seria um desrespeito para com meus amigos ateus, que poderiam formular perguntas bem mais estimulantes do que as que respondi acima.

2 comentários:

Pr. Ricardo Silva disse...

Quanto ao vídeo em questão, fica uma opinião de um cristão "educado": Muitos falam o que quer para denegrir de todas as maneiras sobre os poderes de Deus e sobre o evangelho de Cristo, no entanto, não conseguem explicar coisas simples, como por exemplo, o que esta dentro deste autor do vídeo que o faz estar vivo? Será que é um ship da Intel(Talvez um Pentiun 4.3)? Quanto ao vídeo em questão, fica uma opinião de um cristão "educado": Muitos falam o que quer para denegrir de todas as maneiras sobre os poderes de Deus e sobre o evangelho de Cristo, no entanto, não conseguem explicar coisas simples, como por exemplo, o que esta dentro deste autor do vídeo que o faz estar vivo? Será que é um ship da Microsoft (Talvez um Pentiun 4.3)? O que sei é que após a morte, todos entenderão quem é Deus e quem é dele! O que é lamentável é que será tarde para muitos ao descobrir a diferença do inferno para o céu! Que a misericórdia do Senhor alcance a pessoas como esta. A paz do Senhor para todos.

theoz disse...

nao concordo com a interpretação da Ceia do Senhor...Tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.(1 Co 11). Fazei isto o que? comer? NÃO, fazei isto é repartir, então todas as vezes que você repartir com as pessoas você esta lembrando do sacrifício dele porque ele repartiu o corpo dele com todo mundo na cruz. Na época era comum comer pão com vinho, era um jantar normal como todos os dias, o que ele fazia era repartir, Parafraseando o versículo, assim como eu reparto o meu corpo na cruz do calvário com todo mundo, vocês repartam entre si, Quando repartirmos com as pessoas, lembramos dele, ele quis dizer isto, esta bem claro que não tem nada a ver com comer pão da padaria e suco de uva que não são o mesmo pão e vinho daquela época, e hoje, cadê a erva amarga?

Assim como ele repartiu o corpo e o sangue dele com todos nós para obtermos a salvação, também devemos repartir a comida, bebida e a palavra dele como Jesus fez. Ele não está ensinando a fazer SANTA CEIA nenhuma como diz a epígrafe, Paulo esta dando uma bronca em todo mundo, para que as pessoas possam agir corretamente, não repartir é falta de amor ao próximo. (1Co:11 20-34), . Veja que o sistema religioso, o mesmo que matou Paulo, Pedro e Jesus, te ensinou errado para que nos não venhamos a conhecer a verdade e continuarmos vivendo no engano (1Co:11 20-34), Agora é sua vez de responder: Quantas vezes Paulo ministrou a santa ceia?