sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

SOS REGIÃO SERRANA DO RIO


Quando não há o que dizer, ainda há o que fazer. 
Por Alan Capriles

Diante das imagens da maior tragédia natural climática do país ficamos boquiabertos. Confesso não ter palavras para expressar o que sinto perante a calamidade que atingiu a região serrana do Rio nesse verão de 2011.


Imagens de Petrópolis (Vale do Cuiabá) em 12jan2011

Mas que nosso espanto se converta em solidariedade. São milhares de desabrigados. Pessoas simples, como você e eu, mas que perderam tudo em questão de minutos! Tudo, não... Ainda estão vivas e não perderam a esperança de um recomeço.


Quando são questionados a respeito do que pretendem fazer, "começar do zero" é a resposta da maioria dos desabrigados. Lembro de alguém que disse ter perdido tudo que construiu em 55 anos em apenas 5 minutos. A enxurrada levou sua casa, construída com tanto sacrifício, e todos os pertences conquistados durante a vida. E esse é somente um exemplo entre tantos outros! Mas pior é a dor daqueles que perderam famílias inteiras! Uma jovem revelou que quinze pessoas de sua família morreram na tragédia. O que dizer para essas pessoas?


Que nossa resposta seja o amor, não de palavras, mas expresso em solidariedade, em ajuda humanitária. Somente o amor pode sarar as feridas da alma e restaurar a esperança e a fé, que são os propulsores da vida.

“ Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.” (1 Coríntios 13:13)


Como realizar doações para ajudar as vítimas da maior tragédia climática da história do país.
(fonte: g1.com.br)

Cruz Vermelha - Praça da Cruz Vermelha, 10 – Centro do Rio.
Estão sendo arrecadados: água mineral, alimentos de pronto consumo (massas e sopas desidratadas, biscoitos, cereais), leite em pó, colchões, roupa de cama e banho e cobertores.

Prefeitura de Petrópolis – Igreja Wesleyana; Igreja de Santa Luzia; Sede da Secretaria de Trabalho, Ação Social e Cidadania.

Os três postos arrecadam doações de água, colchões e materiais de limpeza e higiene pessoal.

Prefeitura de Teresópolis – Ginásio Pedrão – Rua Tenente Luiz Meirelles, 211 – Várzea.
Estão sendo arrecadados: alimentos, roupas, cobertores, colchonetes e itens de higiene pessoal.

Uma conta corrente também recebe doações para ajudar as famílias atingidas pelo temporal. Nome da conta: "SOS Teresópolis - donativos".
Agência: 0741 (Banco do Brasil) – Conta: 110000-9.

Rodovia BR-040 - Concer - Praças de pedágio da BR-040 situadas em Duque de Caxias (km 104), Areal (km 45) e Simão Pereira (km 816), além da sede da empresa (km 110/JF, em Caxias).

A Concer pede que sejam doados, preferencialmente, água mineral, produtos de higiene pessoal e de limpeza, roupas de cama, mesa e banho, além de colchonetes. Nas praças de pedágio, as doações podem ser entregues nos postos do serviço de informação ao usuário da rodovia, que funcionam de segunda a segunda, 24 horas por dia.

Hemorio – Rua Frei Caneca, 8 – Centro do Rio – Das 7h às 18h.
O Hemorio pede que as pessoas doem sangue para as vítimas das chuvas. Os estoques estão quase zerados. Friburgo e Teresópolis solicitaram 300 bolsas, mas o Hemorio não tem como atender.

Pode doar sangue quem tiver entre 18 e 65 anos, mais de 50 quilos e estiver bem de saúde. Basta levar um documento oficial de identidade com foto.

Informações e agendamento pelo disque sangue 0800-282-0708.

Supermercados – Grupo Pão de Açúcar
Postos de coleta foram montados pela empresa em todas as suas 100 lojas das redes Pão de Açúcar, ABC Comprebem, Sendas, Extra e Assaí, em todo o estado Rio de Janeiro para que os clientes possam cooperar com doações de alimentos não perecíveis, roupas e cobertores. A ação acontece até o dia 26 de janeiro.

Polícia Rodoviária Federal - Ver postos abaixo.
Maior necessidade é por água, leite em pó, materiais de higiene e limpeza e colchões.

Postos da PRF que receberão doações:

BR-116: KM 133 (Doações 24 horas)
BR-101: KM 269 (Doações 24 horas)
BR-040: KM 109 (Doações das 8h às 17h)
BR-116: KM 227 (Doações das 8h às 17h)

Rodoviária Novo Rio - Avenida Francisco Bicalho, 1 - Santo Cristo.
A Rodoviária Novo Rio recebe doações para a Cruz Vermelha. Os donativos são recebidos no embarque inferior, das 9 às 17 horas.

Polícia Militar - Todos os batalhões da Polícia Militar do estado serão centros de recepção de doações.

Comandantes dos batalhões recomendam que sejam doados água mineral, alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal.

Em São Gonçalo várias igrejas estão arrecadando doações. Dentre elas, a Igreja Bíblica Cristã, que está aberta de segunda a sexta, de 7h30 às 8h30, quarta, das 19h30 às 21h30 e aos domingos, de 8h30 às 11hs e das 18h30 às 21h30. Os donativos poderão ser entregues em qualquer desses horários.

“ Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade.” (1 João 3:18)

2 comentários:

Anônimo disse...

Tenho visto muitas pessoas ajudando e enviando alimentos, roupas e colchoes. Ainda bem que as pessoas se dispoem a colaborar.:)
Ontem saiu um caminhão da faculdade Candido Mendes(Niteroi) repleto de coisas para essas pessoas, hoje o corredor da faculdade estava lotado de mais coisas.
As doações de sangue triplicaram também.
É muito importante nosso apoio nessas horas, mas eles precisam que oremos por eles também.

Alan Capriles disse...

É verdade!

Ação e oração também. Muitas vezes, ou fazemos uma coisa, ou fazemos outra, quando as duas são muito importantes.

Nossa igreja enviou hoje uma grande quantidade de água mineral para a região serrana. Pretendemos continuar ajudando (e orando também). Glória a Deus!